Sobre este blog

Informações que eu conseguir juntar sobre os ônibus e o transporte público em Brasília, DF. A ideia é também servir como uma espécie de utilidade pública. Espero que lhes seja útil ;)

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Aplicativo para o transporte público de Brasília

Saiu no Correio Braziliense: um grupo de desenvolvedores brasilienses botou a mão na massa e criou um aplicativo para celular (com versão web também) para informar os usuários a respeito das paradas de ônibus, linhas e rotas.

O aplicativo, chamado Mobee (http://www.mobee.io/), ainda está em fase de testes. Como as informações passadas pelo DFTrans podem estar desatualizadas, os desenvolvedores contam a participação ativa dos usuários para mapear as informações que estão faltando ou desatualizadas.

Do site do Correio:
Pelo Mobee, um usuário pode verificar qual a parada mais próxima, a quantos metros ela está, o itinerário da linha e até mesmo se é preciso pegar dois ônibus para chegar ao destino. O aplicativo ainda sugere a rota mais fácil. Para isso, basta um celular com GPS. Para que o aplicativo seja eficiente, no entanto, é preciso contar com a participação da população. Quanto maior o número de usuários e de colaborações, mais completo o aplicativo, como explica um dos desenvolvedores, o designer de interfaces Wesley Rocha, 34 anos. “No fim do ano passado, conseguimos uma reunião com o DFTrans. Eles nos passaram as rotas, mas não garantiram a atualização. A população vai ter que nos ajudar com esse trabalho e informar o que vê na rua”, comenta.
Veja a notícia completa em http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2014/01/08/interna_cidadesdf,406774/aplicativo-informa-sobre-paradas-de-onibus-e-rota-de-linhas-no-df.shtml

Fiquei muito, muito feliz com essa notícia. Esse é um trabalho importantíssimo, com o qual eu já vinha sonhando há alguns anos, e que agora tem tudo para ir para frente. É, certamente, um passo adiante para tentar resolver o problema do transporte público em Brasília.

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Novo sistema de informações sobre ônibus do DF

Um usuário anônimo fez um comentário aqui me contando que agora o DFTrans tem um novo sistema de informações sobre os itinerários e horários de ônibus no DF. Fui lá conferir e é verdade! Embora ainda longe do que gostaríamos de ver (os mapas só incluem as rotas que passam no Plano Piloto, por exemplo, e a busca é bem limitada), já é bem melhor do que antes.

O sistema está disponível aqui:
http://www.sistemas.dftrans.df.gov.br/horarios/

O que me chamou a atenção e me deixou bem feliz é que o DFTrans está usando os mapas do OpenStreetMap, que é um projeto de mapeamento aberto, tipo uma Wikipedia de mapas. Qualquer um pode ir lá e ajudar a mapear sua cidade, o que é fantástico para que a informação seja disponibilizada de forma precisa e aberta para quem quiser usar. Eu mesma já contribuí com algumas informações sobre Brasília :)

E isso significa que as informações sobre as paradas de ônibus que o DFTrans está usando está disponível para outras pessoas usarem também. Tendo a localização das paradas e as rotas de ônibus mapeadas, criar um sisteminha que permita a busca por rotas e pontos de referência se torna uma tarefa bem menos complicada. Há alguns anos, quando tentei me enveredar por esse caminho seguindo os passos de um desenvolvedor canadense, o que me impediu de ir para frente foi justamente não ter conseguido encontrar a lista de paradas de ônibus com o DFTrans - na época até tentei ligar e encher o saco deles para liberarem a informação, mas acho que nem eles tinham isso em mãos. Agora que essa lista está acessível, quem sabe!

Acabei de dar uma procurada rápida no assunto e vi que já se avançou muito nas ferramentas abertas para mapeamento de transporte público. O OpenTripPlanner parece que está bem bacana para desenvolver esse tipo de aplicações sem muitas complicações.

E se alguém do DFTrans estiver de olho neste espaço, fica a dica: liberem as informações de paradas de ônibus para a gente no formato GTFS e aguarde umas semanas, para ver se não aparece um monte de gente pronta a desenvolver aplicações bem bacanas e úteis para todo mundo!


sexta-feira, 8 de março de 2013

Intervenções no transporte público de Brasília

A Ana Janaína comentou aqui no blog com a seguinte pergunta:
Oi, Maira
Tudo bem? Vi que voce ficou um período sem postar informações (desde 2009) e retomou agora o blog. Estão rolando algumas ações do governo agora na área de transporte, licitação, intervenção em empresas e tal... o que voce tá achando disso?
Valeu!
Ana.

Oi Ana! Obrigada pelo comentário e pela visita!

Olha, eu não estou morando em Brasília (no momento estou estudando fora do país, fazendo doutorado em uma área não relacionada ao transporte público), por isso não estou acompanhando a situação toda... Mas li um artigo do prof. Paulo César Marques da Silva, que é talvez a pessoa mais qualificada para opinar sobre esse assunto. Você leu? Se não, vale a pena:

Antes tarde do que nunca, no blog In Transitu.

E a minha opinião de leiga é a de que qualquer iniciativa, qualquer atenção que se dê ao tema, qualquer tentativa de melhorar o que temos é muito bem-vinda. Estou aqui de longe torcendo para que dê resultado, e logo!

Grande abraço!

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Dicas para quem vai fazer prova em Brasília e precisa saber como chegar

Tenho recebido alguns comentários de pessoas de fora de Brasília pedindo informações sobre como chegar em determinados lugares na cidade, especialmente para fazer concursos no final de semana. Realmente, para quem não mora lá, descobrir informações sobre o transporte público pode ser uma verdadeira saga!

Neste post, vou dar algumas dicas gerais que podem ser úteis. Sempre que eu puder, também posso ajudar com informações específicas. É só perguntar nos comentários!

1) Descobrindo onde é o local da prova

Bom, primeiro de tudo, você precisa saber se sua prova é no Plano Piloto ou não. Depois, se é na Asa Sul ou na Asa Norte. Em seguida, se fica acima ou abaixo do Eixão. É que Brasília é organizada como um gráfico de coordenadas cartesianas. Para entender melhor, veja o seguinte link:

http://bit.ly/96uGvm

No endereço do local da prova, que provavelmente vai começar com algo como "SGAS 912", você já tem uma ótima indicação de mais ou menos onde fica. Veja:

  • Nas primeiras letras do endereço, neste caso SGAS, o "S" no final indica que é na Asa Sul, ou seja, à esquerda do Eixo Monumental. Outros endereços da Asa Sul: SMHS, SHS, SQS, CLS... todos terminando com S. Na Asa Norte, as siglas terminam com "N": SQN, SGAN, SHN...
  • No número da quadra, as centenas indicam se é acima ou abaixo do Eixo Rodoviário, ou Eixão. As quadras 100, 300, 500, 700 e 900 ficam acima (a oeste) do Eixão, enquanto as quadras 200, 400, 600 e 800 ficam abaixo (a leste).
  • Por fim, imagine que o cruzamento dos dois eixos é o ponto zero (é onde fica a Rodoviária da cidade, de onde sai a grande maioria dos ônibus que rodam em Brasília). As quadras são numeradas de 1 a 16, saindo do centro em direção ao final das asas. Portanto, a quadra SQS 202 fica mais perto da Rodoviária do que a quadra SQS 209, por exemplo.



Algumas siglas não são seguidas de números como esses (com centenas, dezenas e unidades). São provavelmente indicações de endereços que ficam no centrão da cidade, como SBS (Setor Bancário Sul), SCN (Setor Comercial Norte) ou SDN (Setor de Diversões Norte).

Uma vez que você tem uma ideia mais ou menos de onde fica o local da prova, sugiro tentar localizá-lo no Google Maps e dar uma espiadinha no Street View, para ter certeza de que o lugar é ali mesmo.

2) Entendendo os ônibus de Brasília

Infelizmente não temos um sistema de bilhetagem integrado ainda. O governo diz estar trabalhando nessa direção, e parece que algumas linhas já possuem uma integração bastante limitada, em horários e linhas determinados, que provavelmente não vão ser úteis para o concurseiro. Mas não custa perguntar ao cobrador...

Para ver o horário dos ônibus, você precisa saber mais ou menos de onde vai sair e onde quer chegar, e por isso entender mais ou menos onde é o local da prova vai ser muito importante nesse passo.

Além do Eixão e dos Eixinhos auxiliares que cortam a cidade de Norte a Sul, temos também duas outras avenidas principais, a W3, que atravessa a cidade entre as quadras 500 e 700, e a L2, que fica entre as 400 e as 600. Na Asa Sul, a W3 é chamada de W3 Sul; na Asa Norte, ela vira a W3 Norte. O mesmo vale para a L2. Nessas duas avenidas você vai ter a maior oferta de ônibus.

Então, se sua prova é na 610 Norte, você precisa procurar um ônibus que passe pela L2 Norte. Se é na 904 Sul, melhor pegar um ônibus que passe pela W3 Sul.

Com isso, você pode ir para o site http://www.horarios.dftrans.df.gov.br e tentar buscar um ônibus que saia do local onde você vai chegar e passe pela avenida principal mais próxima do local da prova (W3, L2, Eixo Rodoviário ou ainda o Eixo Monumental, caso o local fique em alguma das quadras centrais). Dali, possivelmente você vai ter que caminhar um pouquinho (eu diria uns 10 minutos no máximo).

Existe a possibilidade de você ter que pegar dois ônibus, provavelmente o primeiro até a Rodoviária e de lá pegar um outro ônibus que te leve onde você precisa ir. Reserve bastante tempo para fazer a conexão e prepare-se para pedir informação para quem aparecer na frente, pois a nossa querida Rodô de Brasília é grande e bem bagunçada!

Outra coisa importante: não confundir a Rodoviária com a Rodoviária Interestadual. A Rodoviária que fica no centro da cidade no site do DFTrans é chamada de Rodoviária do Plano Piloto ou Rodoviária PP.

3) Chegando em Brasília de ônibus interestadual

Se a prova for na Asa Sul ou em uma região mais ou menos central, e você não se incomoda em caminhar um pouco, você pode tentar ir de metrô. A linha do metrô é simples, saindo da Rodoviária do Plano Piloto, passando por toda a extensão da Asa Sul por debaixo do Eixão, passando pela Rodoviária Interestadual (no mapa abaixo, fica na estação Shopping) e dali indo para as duas maiores cidades satélites do DF, Taguatinga e Ceilândia.


Se a prova for na Asa Norte, você pode também pegar o metrô até a estação Central, na Rodoviária, e dali pegar outro ônibus que te leve para a Asa Norte.

Ah, e lembre-se sempre de verificar o horário de funcionamento das linhas antes de planejar sua ida à prova!

4) Chegando de avião

Para quem chega de avião, a melhor opção provavelmente vai ser o Ônibus Executivo, que custa 8 reais e sai mais ou menos a cada meia hora do aeroporto e vai direto para a área central da cidade, passando inclusive pelo setor de hotéis (horários no site da TCB: http://www.tcb.df.gov.br/005/00502001.asp?ttCD_CHAVE=12618). Isso especialmente porque a opção mais em conta, o Zebrinha, não passa nos fins de semana, e o ônibus regular que faz a linha para o Aeroporto dá uma volta enorme, passando pelo Lago Sul.

O Rodrigo Novaes escreveu um post super completo dando dicas sobre como ir do aeroporto para a rodoviária interestadual e vice-e-versa, que é perfeito também para quem vai chegar em Brasília de avião para fazer prova. Dê uma olhada:

http://vidasemcarro.blogspot.com/2012/01/onibus-da-rodoviaria-para-o-aeroporto.html

------
Espero que essas dicas ajudem, mas peço por favor que tentem confirmar as informações antes, já que como eu não moro mais em Brasília, pode ser que haja dados desatualizados aqui.

Abraço!

terça-feira, 8 de maio de 2012

Mapa das ciclovias do Plano Piloto

Um post sobre as ciclovias do Plano Piloto, com os mapas:
http://biciclotheka.wordpress.com/2012/05/07/mapas-das-ciclovias-no-plano-piloto/

Veja também os comentários, pois parece que as informações estão desatualizadas. De qualquer forma, é interessante ver o que estava sendo planejado e acompanhar o  processo.

Off-topic: Golpe em Brasília - Associação Promocional Oração e Trabalho

Não caiam no golpe do rapaz que bate em sua porta para fazer uma pesquisa, depois se identifica como ex-detento ou ex-menino de rua e pede ajuda para conseguir uma bolsa de estudos pela Associação Promocional Oração e Trabalho - APOT, de Campinas-SP.

A instituição hoje se chama Instituto Padre Haroldo e avisa que não possui tal programa. Trata-se de um golpe.


A quadrilha está agindo em Brasília há pelo menos um mês.

Se ele aparecer em sua casa, entre em contato com a polícia. Contato da Delegacia de Polícia 9ª DP Lago Norte: SHIN 3/5, tel: (61) 3468 9200 e 3468 9228.

Mais detalhes:

sábado, 24 de outubro de 2009

Novos links relacionados

Tenho a impressão que a quantidade de blogs e sites relacionados ao transporte público em Brasília tem crescido bastante. Ou eu estou descobrindo coisas novas e muito interessantes que já existiam antes...

Enfim. O ponto é que atualizei a lista de links relacionados com blogs e sites que tenho seguido regularmente. Todos oferecem muitas informações interessantes, alguns sobre transporte público no DF, outros não diretamente relacionados aos ônibus, mas sim à mobilidade sustentável.